Tendências e análises

Touchscreen para aeroportos: tecnologia para facilitar a vida dos passageiros

Touchscreen para aeroportos: tecnologia para facilitar a vida dos passageiros novembro 8, 2016

Diretor de marketing da Aqua

Há pessoas que tem medo de voar. Para outras, o medo maior é de não conseguir voar. O transporte aéreo é uma excelente forma de deslocamento para grandes distâncias. Seja a negócios ou a passeio, ir ao aeroporto é a primeira etapa de uma grande viagem.

Os aeroportos estão preparados para atender a um grande volume de pessoas. A interação com o público ainda é um dos maiores problemas enfrentados hoje em dia. Não basta só oferecer um bom serviço e ajudar todos os voos a saírem no horário. O atendimento é o ponto chave para cada cliente ter uma boa experiência. Não importa se ele está indo ou chegando. O que importa é que essa jornada não tenha problemas.

A tecnologia tem ajudado bastante a estreitar laços e a oferecer uma experiência de qualidade. Por meio dela, você otimiza a vida do cliente e consegue ajudá-lo a resolver seu problema mais rapidamente. O turismo não vive sem tecnologia no atendimento. Companhias aéreas, gestores de aeroportos e lojas dos terminais já perceberam isso. Todas querem oferecer a melhor experiência ao usuário, de forma rápida e eficaz. E como eles tem feito isso? Através da tecnologia touchscreen multitoque.

Serviços digitais no aeroporto

O primeiro exemplo que vamos citar aqui é o check in. Sim, você pode fazer isso no balcão da companhia aérea ou no aplicativo. Mesmo assim, muitas pessoas preferem fazê-lo no aeroporto, nos terminais de autoatendimento. Quiosques interativos melhoram o atendimento, reduzem filas e solucionam dúvidas de clientes. O cliente pode também acessar outras funções, desde despachar a mala até a antecipar ou cancelar voos. Afinal de contas, ninguém tem tempo a perder, e enfrentar filas é uma chatice.

Autoatendimento no check in em aeroporto

Antes de viajar, saiba para onde ir

Mapas de localização, ou diretórios, são uma ferramenta muito importante nos aeroportos. Como chegar ao meu portão de embarque? Onde fica o banheiro mais próximo ou o restaurante? Preciso ir à Receita Federal ou aos Correios ou a um banco – como chego lá? Em vez de perguntar para alguém, olhe no mapa.

Com aeroportos cada vez maiores, ter este tipo de auxílio à mão também facilita a vida do passageiro. E não estamos falando aqui somente de ter um mapa. Diretórios interativos podem conter todas as informações que um passageiro precisa. Mantenha 0 conteúdo atualizado, com várias opções de idioma, já que pessoas de muitas partes do mundo passam por ali. O objetivo é oferecer uma navegação intuitiva. Faça com que o terminal realmente possa ajudar o passageiro, que ofereça um serviço simples, mas eficaz.

Aeroporto diretório

Voos na hora certa

A interação com cliente, através do equipamento touchscreen, pode ser feita também com a questão dos horários de voo. Grande parte dos aeroportos mantém essa informação circulando em TVs que são atualizadas em tempo real. Mas, isso também pode estar em um terminal informativo. Imagine que você está esperando alguém chegar e não tem notícias sobre o voo. Ou suponha que um voo foi cancelado. Através do equipamento touchscreen é possível ter uma visão mais ampla sobre a informação que procura.

Aeroporto comunicação

Terminais de informações úteis e entretenimento

Você também pode oferecer informações complementares para as pessoas que estão indo viajar. Como está a previsão do tempo para a cidade? A cotação do dólar, euro ou outra moeda, casas de câmbio no local de viagem, enfim, todo tipo de informações que sejam úteis para o viajante.

Os passageiros podem esperar longos períodos para o voo – principalmente quando há conexões. Que tal oferecer um pouco de entretenimento e diversão para eles?

Comunicação com o público do aeroporto

Crie um canal de comunicação direta entre quem viaja e as companhias aéreas ou aeroportos. Use terminais em que você consiga dar feedback, sugestões, comentários e críticas de uma forma geral. As companhias aéreas oferecem contato direto no balcão de atendimento, mas é pouco. Com esses totens de avaliação, o cliente poderia ter mais liberdade e facilidade para expor a sua opinião.

aeroporto

Agora veja a imagem acima, do terminal 3 em Beijing. Coloque-se no lugar do turista, que não fala esse idioma. Algumas coisas dá para adivinhar, mas ainda assim é complicado. E agora coloque-se no papel da pessoa responsável pela comunicação. Imagine a complexidade de organizar e apresentar esse conteúdo. Ele certamente adoraria ter isso em vários idiomas, mas isso não é possível em material impresso e digital signage.

Aqui temos outras vantagens das telas touch. Não há limitações de espaço e de conteúdo, e cada pessoa escolhe o idioma de seu interesse.

Venda de publicidade interativa no aeroporto

As telas touchscreen podem funcionar ainda como um espaço adicional de vendas em comunicação interativa. A publicidade em aeroportos já é explorada com digital signage, painéis outdoor, backdoor e outros tipos de comunicação. Um totem interativo seria mais uma opção, com recursos adicionais para mais impacto e conexão com o público. Apresente empresas ligadas ao público. Divulgue itens relacionados a viagens, como seguros, malas ou locação de veículos

Assim, um visitante poderia ficar tranquilo. Ele terá todas as informações ao alcance da mão, sem ter que procurar funcionários ou esperar a sua vez em filas intermináveis.

Conclusão

Pense na relação com cada público do aeroporto. O que querem os passageiros? Como reduzir o stress dos pilotos e da tripulação? Quais os problemas diários que os lojistas enfrentam? Quais são os maiores custos operacionais?

O setor de turismo tem muito a ganhar com a profissionalização de cada aspecto. E essa mudança começa com melhor planejamento, mas não necessariamente com mais gastos. Muitas vezes estamos falando até em economia e otimização.

Sempre inclua telas interativas, principalmente com autoatendimento, em seus projetos. E pode contar com a ajuda da Aqua nesse sentido. Confira mais dicas sobre esse setor em nossa página sobre interatividade e turismo.