Aqua Multitoque
Tendências e análises

Sua empresa é inovadora?

Sua empresa é inovadora? abril 25, 2014

Diretor de marketing da Aqua

Inovação

Sua empresa é inovadora? Se você demorou mais do que alguns segundos para responder, provavelmente ela não é. Pelo menos não como deveria – e poderia – ser. Vale destacar que nunca se falou tanto sobre inovação quanto hoje, mas ao mesmo tempo em que o termo tem sido amplamente difundido, ele não é amplamente aplicado. Controverso, não?

A cultura de inovação nas empresas encontra muito mais barreiras psicológicas e culturais do que estruturais. Diante desse cenário, é importante decidir se a organização continuará fazendo tudo como sempre foi feito, conquistando os mesmos resultados, ou se ela se lançará rumo ao novo e correrá o risco calculado de surpreender os clientes e se superar. Veja a seguir a importância da inovação e escolha qual postura adotar!

Afinal de contas, o que é inovar?

Como o próprio nome sugere, inovação é a prática de uma nova ideia, é o fruto da criatividade, é sinônimo de renovação. Inovar não é uma tarefa simples, requer desprendimento, entrega, ousadia e coragem. Sim! Coragem para arriscar, provar novos métodos e testar estratégias diferentes. Durante a implantação de uma cultura de inovação, é provável que a empresa erre e acerte até encontrar o caminho, mas mesmo assim os resultados serão recompensadores.

Inovação, para que te quero?

O mercado está cada vez mais competitivo e a disputa pela atenção do cliente se acirra a cada dia. Em meio a esse contexto, a inovação surge como um dos fatores mais importantes para garantir a sustentabilidade e longevidade do negócio. Não importa se a empresa atua no ramo de indústria, comércio ou serviços. O fato é que quem não inova, mais cedo ou mais tarde, acaba ficando para trás.

Se sua empresa não fizer, a concorrência fará

O que você quer: estar na vanguarda ou ficar sempre um passo atrás da concorrência? Se você escolheu a primeira opção, é melhor começar a inovar. Não se engane! Sempre haverá uma empresa tão interessada quanto a sua, tão competente quanto a sua e que ainda ofereça serviços similares aos seus. A única escapatória para se destacar, atrair e reter clientes é buscar diferenciais competitivos, ou seja, inovar!

Touchscreen McDonald's
Mesmo mercados tradicionais estão inovando.

Como atingir o status de empresa inovadora?

Uma empresa com sólida cultura de inovação é terreno fértil para o desenvolvimento de processos alinhados, ideias fantásticas e visões estratégicas de sucesso. Para que essa cultura exista, é necessário que não haja comportamentos, ambientes e regras impeditivas para a manifestação da criatividade das pessoas. Além disso, é importante inovar nos conceitos, técnicas, métodos e recursos. Uma boa forma de fazer isso é investir em tecnologia, modernizar o atendimento e otimizar a apresentação dos produtos e serviços.

No blog da Aqua, temos vários artigo que falam no uso de tecnologia para inovar em vários segmentos:

Veja também nossa área de soluções interativas para diversos mercados. A inovação está ao seu alcance.

Qual o primeiro passo para inovar?

O mantra do Facebook era “Move fast and break things” (mexa-se rapidamente e quebre coisas). Essa frase reflete bem o espírito de diversas startups e empresas inovadoras. Elaborar e testar hipóteses, identificar as melhores opções, evoluir e seguir em frente, repetindo esse ciclo infinitamente.

O primeiro passo, então, é observar. Observe seus concorrentes, seu mercado, seus clientes. Veja o que é bom e ruim, o que toma tempo para ser executado e onde acontecem os problemas. Às vezes o espaço de inovação não está apenas no produto, mas na fabricação, marketing, gerência, embalagem… Pense em todas as etapas, da matéria prima até o uso pelo cliente final.

Em seguida faça muitas perguntas, questione, acabe com o “sempre foi assim”. Se quiser seguir uma metodologia, recomendo How might we” (como a gente poderia), usada por empresas como P&G e Google. Falaremos mais sobre isso em outro artigo. Teste suas teorias. Como nas Ciências, mesmo que não se encontre a resposta definitiva, você vai descobrir muita coisa durante seus experimentos e análises.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre inovação, mudemos o foco da pergunta inicial: você realmente quer que a sua empresa seja inovadora? Se a resposta for afirmativa, desprenda-se das velhas fórmulas e comece a trabalhar nesse sentido.

Crédito da foto: Thomas Hawk